Português

São Paulo, 1982.

De 2012 a 2016 residiu em Lima.

Desde 2017 vive e trabalha em Lisboa.

 

Letícia Larín é bacharel e licenciada em Artes Visuais (Fundação Armando Alvares Penteado, FAAP, São Paulo, 2001 a 2004, e 2008), realizou um intercambio na École Nationale Supérieure des Beaux-Arts, ENSBA (Paris, 2004 a 2005), e cursou o mestrado em História da Arte da Pontificia Universidad Católica del Perú, PUCP (Lima, 2012 a 2013). Atualmente ela desenvolve o seu projeto de doutoramento Utopia? A arte como um meio para o autoexílio na Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, FBAUL.

Apresentou as performances RAVÔDOMLA: Ensaio sobre uma origem semita em Almodôvar e Facile est inventis addere –comissionadas pela Câmara Municipal de Almodôvar (PT)– nos Festivais da Língua Portuguesa de 2016 e 2017. Em 2016 realizou a residência do Atalaia Artes Performativas, que resultou na individual Certidão de Nascimento do Índio Brasileiro e na performance Flama, pertencente ao Festival Atalaia Artes Performativas, e ainda neste ano, desenvolveu o projeto El Genio de la Especie em Rat Puerto Mitla Residencias Artísticas (México DF).

Larín realizou individuais no Brasil e no Peru –como Afecto en el Capital (Centro Cultural Ricardo Palma, Lima, 2018), Arpado (Socorro Espacio Polivalente, Lima, 2015) e Sujetos en Obras (Centro Cultural El Olivar, Lima, 2013). Em 2017 foi convidada para Fazer Sentido (Casa da Cultura de Ílhavo) e selecionada para Art-Map Braga 2017: Thinking Baroque (Edifício da agência da INATEL, Braga), XX Bienal de Artes Plásticas da Festa do Avante! (Quinta da Atalaia- Amora-Seixal), BYOB Lisbon /// Bring Your Own Beamer (Zaratan – Arte Contemporânea, Lisboa). A artista participa de exposições coletivas no Peru desde 2014, e no Brasil desde 2002 –como ABLI – Bienal de Arte de Lima (Fugaz, Callao Monumental, Lima, 2017), Ritual de Azotea (Studio 1222, Lima, 2016), Encuentro VII: Espacio abierto a la libre performance (NNM Galeria, Lima, 2016), Concurso de Arte Contemporáneo Joven (Centro Cultural Ricardo Palma, Lima, 2014), X Bienal do Recôncavo (Centro Cultural Dannemann, Bahia, 2010), Espaço Urbano (Escola São Paulo, 2009), e Paradoxos Brasil – Rumos Artes Visuais 2005/2006 (Centro Dragão do Mar Arte e Cultura, Fortaleza; Paço Imperial, Rio de Janeiro; Instituto Itaú Cultural, São Paulo).

 

A produção de Letícia Larín é transparente ao seu processo criativo. A atenção da artista com respeito a questões pessoais coaduna à sua preocupação social, sendo o fruto desta conjunção, a consciência sobre a função social do artista. Seu método elabora conforme ao da criação mítica, ou ao da formação do pensamento, justapondo camadas desconexas para instituir sentidos. Suas peças são normalmente passíveis a múltiplas interpretações, demonstrando um interesse em levar o público a articular as próprias ideias. Esta falta de sentido redunda, muitas vezes, em uma chave irônica.

Larín cria esquemas de interesse democrático, seja praticando a apropriação não como roubo, mas como consciência sobre a natureza contaminada do processo criativo, seja reunindo estéticas naif a sistemáticas conceituais, ações cotidianas a efeitos eruditos, o útil ao inútil, etc. Seus projetos evidenciam uma dimensão afetiva, e fomentam um sistema em que o capital contempla o espectro emocional, e em que a justiça não depende do caráter humano. Levando adiante a noção de sociedade plástica de Beuys, na qual a atuação artística emerge nas pessoas como uma existência responsável, o trabalho da artista afronta a apatia no cruzamento destes aspectos híbridos que caracterizam a sua forma.

 

FORMAÇÃO ACADÊMICA

 

09/2017 – Atualidade  Doutoramento em Belas-Artes. Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, FBAUL. A cosmovisão guarani-kaiowá em um monumento utópico: uma abordagem metacultural. Lisboa, Portugal.

03/2012 – 12/2013      Mestrado em História da Arte. Pontificia Universidad Católica del Perú, PUCP. Lima, Peru.

02/2008 – 12/2008      Licenciatura em Artes Plásticas. Fundação Armando Alvares Penteado, FAAP. Dimens(ão)(ões): ‘Relation in Time’. Orientador: Thiago Honório.

08/2000 – 06/2004      Bacharelado em Educação Artística. Fundação Armando Alvares Penteado, FAAP. PitiLilim. Orientador: Dora Longo Bahia.

 

Formação complementar

04/2016 – 05/2016      Círculo de Investigación: Danto. Museo de Arte Contemporáneo, MAC. Lima, Peru.

08/2004 – 02/2005      Programa de Intercâmbio da Fundação Armando Alvares Penteado, FAAP. École Nationale Supérieure des Beaux-Arts, ENSBA. Paris, França. Orientadores: Sylvie Fanchon, Bernard Piffaretti e Dominique Figarella.

  

PRODUÇÃO ARTÍSTICA/CULTURAL

 

Premiações

2009    Bolsa de incentivo à formação/oficinas. Centro de Formação em Artes Visuais, CFAV. Recife, PE.

2007    Prêmio Aquisição. 35° Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto. Júri: Marcos Moraes, Katia Canton e Ronaldo Entler. Santo André, SP.

2003    Concurso para o calendário Contrastes 2004. Bayer. São Paulo, SP.

 

Residências

08/2016 – 10/2016      Oralidade e Escrita. Atalaia Artes Performativas 2016 AAP’16). Comité consultivo: Hélio Mateus, José Alberto Ferreira, Miguel Pacheco Gomes, Rita Xavier Monteiro e Inês Jacques. Almodôvar, PT.

12/2015 – 01/2016      El Genio de la Especie. Rat Puerto Mitla Residencias Artísticas. Cidade do México.

 

Exposições individuais

2018    Afecto en el Capital. Centro Cultural Ricardo Palma. Municipalidad de Miraflores, Lima, Peru.

2016    Certidão de Nascimento do Índio Brasileiro. Segurança Social. Atalaia Artes Performativas, Almodôvar, PT.

2015    Arpado. Texto: Janine Soenens. Socorro Espacio Polivalente. Lima.

2013    Sujetos en Obras. Texto: Lucía Pardo. Centro Cultural El Olivar. Municipalidad de San Isidro, Lima, Peru.

2006    Agora era uma vez. Estúdio Quinn. São Paulo, SP.

2004    PitiLilimFundação Armando Alvares Penteado, FAAP. Trabalho de Conclusão de Curso, TCC, São Paulo, SP.

 

Exposições coletivas

2017    Fazer Sentido. Curadoria: Madina Ziganshina. Casa da Cultura de Ílhavo. Art-Map Moving Art Project e 23 Milhas.

Art-Map Braga 2017: Thinking Baroque. Curadoria: Madina Ziganshina. Edifício da agência da INATEL. Art-Map, Câmara Municipal de Braga e Diogo Vieira, Braga.

Festival da Língua Portuguesa. Convento Nossa Senhora da Conceição. Câmara Municipal de Almodôvar, PT.

XX Bienal de Artes Plásticas da Festa do Avante!. Júri: Jaime Silva, Manuela Bronze e Manuel Augusto Araújo. Quinta da Atalaia-Amora-Seixal. Festa do Avante!, Seixal.

BYOB Lisbon /// Bring Your Own Beamer. Zaratan – Arte Contemporânea. Zaratan, Lisboa.

2016    ABLI – Bienal de Arte de Lima. Fugaz. Callao Monumental, Lima.

Festival da Língua Portuguesa. Convento Nossa Senhora da Conceição. Câmara Municipal de Almodôvar, PT.

Festival Atalaia Artes Performativas. Segurança Social. Atalaia Artes Performativas, Almodôvar, PT.

Barranco Open Studios – 2016. Casa Azul. Municipalidad de Barranco, Lima.

APUFF Lima 2016 – 4ta Edición. Casa Azul. Feria de Arte APUFF, Lima.

2015    Ritual de Azotea. Studio 1222. El Anfitrión De Pie, Lima.

Espacio & Presencia II: Espacio abierto a la libre performance. Estación del Funicular de Barranco. Anaze Izquierdo, Lima.

Laboratorio de Investigación Interdisciplinaria: Performeada 03_sobreviviendo al mes patrio. El Galpón Espacio. Lima.

Encuentro VII: Espacio abierto a libre performance. NNM Galería. Anaze Izquierdo, Karen García y Lilith Albornoz, Lima.

APUFF 2015. Casa Azul. Feria de Arte APUFF, Lima.

2014    Festival Video + Arte + Audiovisual. Beneficencia de Lima e Casona Canevaro. Carolina Estrada e Clara Best, Lima.

Concurso de Arte Contemporáneo Joven. Júri: Alejandra Ballón Gutiérrez, Max Hernández Calvo e Humberto Polar. Centro Cultural Ricardo Palma. Municipalidad de Miraflores, Lima.

2011    VII Salão Livre de Artes Plásticas da ACUBÁ. Palácio da Instrução. Associação Cuiabana de Belas Artes, Cuiabá, MT.

2010    X Bienal do Recôncavo. Centro Cultural Dannemann. São Félix, BA.

2009    100 a mil. Escola São Paulo. São Paulo, SP

16° Salão de Artes Plásticas de Teresina. Casa da Cultura de Teresina. Prefeitura de Teresina, Teresina, PI.

Espaço Urbano. Curador: Tomás Toledo. Escola São Paulo. São Paulo, SP.

2008    40ª Anual de Artes da FAAP. Museu de Arte Brasileira da FAAP. Fundação Armando Alvares Penteado, FAAP, São Paulo, SP.

2007    38° Chapel Art Show. Chapel School. São Paulo, SP.

Galerias Periféricas. Campo Limpo. Pixografia, São Paulo, SP.

35° Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto. Júri: Marcos Moraes, Katia Canton e Ronaldo Entler. Salão de Exposições do Paço Municipal. Prefeitura de Santo André, Santo André, SP.

2006    Apanhado adj. Confraria São Benedito. São Paulo, SP.

Entre o público e o privado: transições na arte contemporânea. Centro Dragão do Mar Arte e Cultura. Rumos Artes Visuais 2005/2006, Fortaleza, CE.

Paradoxos Brasil. Paço Imperial. Rumos Artes Visuais 2005/2006, Rio de Janeiro, RJ.

Paradoxos Brasil. Instituto Itaú Cultural. Rumos Artes Visuais 2005/2006, São Paulo, SP.

2005    Vorazes, grotescos e malvados. Paço das Artes. Temporada de projetos 2005/2006, São Paulo, SP.

XVI Encontro de Artes Plásticas de Atibaia. Pinacoteca Municipal de Atibaia. Prefeitura da Estância de Atibaia, Atibaia, SP.

Pont aérienne. Galerie Gauche. École Nationale Supérieure des Beaux-Arts, ENSBA, Paris, FR.

Exposição permanente. Museu Aeronáutico de Guarulhos. Secretaria de Cultura de Guarulhos, Guarulhos, SP.

2004    São Paulo: Múltiplas Perspectivas. Edifício Lutétia. Fundação Armando Alvares Penteado, FAAP, São Paulo, SP.

Contrastes. Clube Transatlântico. Bayer, São Paulo, SP.

2003    Projeto Anita. Fundação Armando Alvares Penteado, FAAP. IX Semana de Arte e Educação, São Paulo, SP.

Labor II. Antiga fábrica na Móoca. Estudantes de Artes Plásticas, São Paulo, SP.

2002    Labor. Antiga fábrica na Móoca. Estudantes de Artes Plásticas, São Paulo, SP.

  

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

 

Arte-educação

Escuela Nacional Superior Autónoma de Bellas Artes del Perú (ENSABAP), Lima

07/2016 – 10/2016      Professora da disciplina “Didáctica de las Artes”, com Christians Luna. Programa de Complementación Académica.

Arte Mayu, Lima

04/2016 – 12/2016      Projeto independente de cursos livres de arte para crianças de 2 a 3 anos. Promovido com Liam Teresa Chang.

04/2016 – 04/2016      “Taller de fotomontaje: collage” para crianças. Comparart 2016, Feria de Arte. Ministerio de Cultura del Perú, Lima.

Arte Qespilla, Lima

04/2016 – 12/2016      Projeto independente de cursos livres de arte, para todas as idades. Promovido com Alessandra Rebagliati e Jacqueline Rivas.

04/2016 – 04/2016      “Taller de fotomontaje: collage” para adultos. Comparart 2016, Feria de Arte. Ministerio de Cultura del Perú, Lima.

04/2016 – 04/2016      “Taller de fotomontaje: collage” para adolescentes e adultos. “Situación de calle”, exposição de César Delgado. Centro Cultural Ricardo Palma, Lima.

04/2016 – 04/2016      “Taller de fotomontaje: collage” para crianças. Comparart 2016, Feria de Arte. Ministerio de Cultura del Perú, Lima.

Cooperativa UBOIC (Unión de Bananeros Orgánicos Inmaculada Concepción), Sullana

02/2016 – 03/2016      Professora de Artes Visuais. “Taller Tropical” para crianças e adolescentes da Villa Huangalá.

03/2016 – 04/2016      Curadora e produtora de exposição. “Taller Tropical – Exposición de las creaciones artísticas de niños y jóvenes de la Villa Huangalá”. Galería de Arte del Colegio Santa Rosa de los Hermanos Maristas de Sullana.

Colegio Áleph, Lima

09/2013 – 12/2015     Professora Atelierista. Ensinos Básico e Fundamental I.

Municipalidad de Miraflores, Lima

05/2013 – 12/2013      Consultora em Arte-Educação. Elaboração de projeto de Festival de Arte para crianças. Festival de Artes para Niños – FAN Miraflores 2014: El Diseño de la Ciudad.

Colégio Catamarã, São Paulo, SP

12/2010 – 12/2011      Professora de Artes Visuais. Ensino Fundamental II.

Academia Brasileira de Arte, ABRA, São Paulo, SP

04/2010 – 12/2011      Professora de Artes Visuais. Curso de Projetos Artísticos, Pintura, Moda e História em Quadrinhos para crianças.

03/2009 – 05/2009      Estagiária de Artes Visuais. Curso de Desenho e Pintura para crianças, adolescentes e adultos.

Ação Educativa, São Paulo, SP

07/2009 – 07/2010      Professora de Artes Visuais. Oficina de Escultura e Artes Visuais para adolescentes. Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente, CASA.

02/2009 – 04/2009      Professora de Artes Visuais. Workshop de Escultura para adolescentes. Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente, CASA.

Clube Gaivota, São Paulo, SP

08/2009 – 12/2009      Professora de Artes Visuais. Curso “Pablo Picasso: convivência de diversidades” para crianças e adolescentes.

07/2009 – 07/2009      Professora de Artes Visuais. Workshop “Op-Art” para crianças e adolescentes.

03/2009 – 06/2009      Professora de Artes Visuais. Curso “Reflexionando conceitos referentes ao Impressionismo” para crianças e adolescentes.

Centro de Formação em Artes Visuais, CFAV, Recife, PE

09/2009 – 09/2009      Professora de Artes Visuais. Oficina teórico-prática “A Função Social da Arte” para adultos. SPA das Artes 09.

Lar Escola Cairbar Schutel, LECS, São Paulo, SP

12/2008 – 12/2008      Professora de Artes Visuais. “Oficina natalina” para crianças e adolescentes.

05/2008 – 12/2008      Professora de Artes Visuais. “Dimens(ão)(ões): ‘Relation in Time’”. Trabalho de Intervenção Educacional, TIE desenvolvido com crianças e adolescentes.

Escola Estadual Fidelino Figueiredo, São Paulo, SP

08/2008 – 12/2008     Estagiária Supervisionada de Artes Visuais. Ensino Médio.

Colégio Dante Alighieri, São Paulo, SP

02/2008 – 12/2008      Estagiária Supervisionada de Artes Visuais. Ensino Médio e Ensino Fundamental.

Escola Estadual Profª Marina Cintra, E.E.M.C, São Paulo, SP

02/2008 – 06/2008      Estagiária Supervisionada de Artes Visuais. Ensino Fundamental.

Fundação Armando Alvares Penteado, FAAP, São Paulo, SP

02/2008 – 05/2008      Editora da Ilha de Edição de Vídeo da Faculdade de Artes Plásticas. Final Cut.

Design & Graphic Center, São Paulo, SP

11/2006 – 01/2007     Educadora. Exposição “Elifas Andreato 60 Anos”.

Projeto Olho da Rua, São Paulo, SP

10/2006 – 10/2006      Professora de Artes Visuais. Oficina de “Técnicas Variadas” para crianças. Associação Internacional de Interesse à Humanidade.

Arte 3, São Paulo, SP

06/2006 – 08/2006      Educadora. Exposição “I Bienal Brasileira de Design”. Pavilhão da Oca.

 

Design gráfico

Gilce Velasco Viceconti, São Paulo, SP

07/2010 – 12/2011      Ilustradora de livros infantis da autora. “Blanche – A ovelhinha perdida”, “Papai Gelado” e “Dona Cegonha”.

Anna Milliet Design Têxtil, São Paulo, SP

08/2010 – 11/2010      Designer têxtil. Illustrator, Photoshop, desenho a mão e pintura.

Estúdio Cor, São Paulo, SP

07/2009 – 07/2010      Designer têxtil. Illustrator, Photoshop, desenho a mão e pintura.

 

Projetos de investigação

Instituto Victor Brecheret, IVB, São Paulo, SP

06/2010 – 07/2010      Assistente de pesquisa da autora Daisy Peccinini. Livro “Brecheret e a Escola de Paris”. FM Editorial.

 

Assistência a artistas

Dora Longo Bahia, São Paulo, SP

02/2005 – 06/2006     Assistente da artista.

05/2004 – 07/2004     Assistente da artista.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s